Tecnologia e empreendedorismo: alunos da UFOP criam startup de aplicativos

Publicado por Thamiris Prado em 12 de Agosto de 2016, 16:43
Última atualização em 17 de Agosto de 2016, 11:17

Foto: Lívia Monteiro

Ao passo que a tecnologia se tornou indispensável na sociedade contemporânea, a possibilidade de usufruir de seus aparelhos e ideias nas atividades humanas se fez uma grande seara de talentos para os amantes da inovação e da criatividade. Mais do que pelas múltiplas oportunidades de criação e engajamento social, a tecnologia mantém uma relação íntima - e próxima do inseparável - com o empreendedorismo. Essa relação se fortalece a cada vez que não conseguimos separar a história da criação da do criador, a exemplo de tantas atribuições que fazemos aos nomes marcados por grandes invenções do mundo tecnológico, como IPhone, Microsoft, Facebook, e outras.

No mundo do empreendedorismo, sabemos que inúmeras ideias incríveis nascem de pequenas atitudes inovadoras, fora do eixo convencional das academias e da indústria, e dentro de mentes inquietas como a do estudante de Ciência da Computação da Universidade Federal de Ouro Preto, de Conrado Carneiro. Em busca de um caminho sólido no curso e na profissão, ele decidiu, sozinho e enquanto freelancer, começar a desenvolver aplicativos. A iniciativa de Conrado não demorou a prosperar, e dentro de pouco tempo os resultados práticos e financeiros foram se consolidando e demandando a necessidade de parcerias que pudessem somar ` mão de obra e às ideias. Bernardo Reis, também estudante da UFOP, foi a primeira parceria da iniciativa que, em pouco tempo, se tornaria a Usemobile.

A startup criada pelos estudantes objetiva desenvolver aplicativos funcionais para o cotidiano dos usuários. A empresa oferece três tipos de serviço, bem como consultoria em desenvolvimento (suporte tecnológico para aplicações multiplataformas); desenvolvimento de aplicativos e elaboração de soluções inovadoras, tecnológicas e exclusivas para negócios. Entre os trabalhos desenvolvidos estão o aplicativo de caronas Zumpy, o rastreador de food trucks Ponto Food, e o badalado InstaMAX - sistema de marketing digital com foco no Instagram para aumentar a visibilidade das postagens e realizar campanhas direcionadas para o público alvo.

Guilherme Coelho, de 24 anos, está no projeto enquanto Desenvolvedor de iOS desde setembro do ano passado, e vê na Usemobile uma oportunidade de estabelecer contato com a comunidade local - relação, segundo ele, muitas vezes prejudicada pelo afastamento dos alunos de Computação da realidade do mercado. Matheus Guerra, 25 anos, é Gerente de Marketing da Usemobile e estudante de Engenharia de Produção da UFOP. Há 4 meses na empresa, considera que está um passo à frente dos graduandos que estarão no mercado de trabalho nos próximos anos, considerando a experiência adquirida com o trabalho que desenvolve na startup ainda enquanto estudante. 

Porém, para além das paredes da universidade, o projeto atingiu profissionais que vêm de outras experiências no mercado de trabalho, como Diego Melo, de 26 anos anos, que se formou em 2010 e agora atua como designer da empresa. Para ele, a possibilidade de desenvolver projetos inovadores e, por vezes, pioneiros neste ramo, é desafiador e muito satisfatório para um profissional. Depois de passar por experiências em empresas já consolidadas nacionalmente, Diego aposta na Usemobile como potencial criadora de grandes projetos futuros.

Atualmente, a Usemobile conta, ainda, com os Desenvolvedores Android Iury Souza e Luis Henrique, Desenvolvedor Full Stack Patrick Brunoro, e a estagiária em Marketing Mariana Brito.

O site da Usemobile e os portais dos principais aplicativos desenvolvidos pela empresa, estão disponíveis nos endereços a seguir:
http://usemobile.com.br/
http://instamax.com.br/
http://www.pontofood.com.br/




Parceiros