Marketing Digital

5 motivos para investir em e-mail marketing

O e-mail é o meio de comunicação mais antigo da internet e, quando aliado ao marketing, tem um papel crucial nas ações de comunicação e marketing digital de uma empresa. É claro que investir em site, redes sociais, rankeamento nos motores de busca, são algumas das estratégias básicas para quem trabalha com marketing digital. Mas já parou para pensar que essa é chave de tudo na internet?

Escrito por Luísa Campos

O e-mail é o meio de comunicação mais antigo da internet e, quando aliado ao marketing, tem um papel crucial nas ações de comunicação e marketing digital de uma empresa. Investir em site, redes sociais, rankeamento nos motores de busca, são algumas das estratégias básicas para quem trabalha com marketing digital. Mas já parou para pensar que o e-mail, e principalmente o e-mail marketing, é a chave de tudo na internet? Para se criar login em qualquer site é preciso ter um e-mail, seja para resgatar senhas, comprar um produto, adquirir um ingresso de cinema ou entrada para show, ficar ligado nas notícias do Brasil e do mundo assinando a newsletter de um jornal, e por aí vai.

Podemos combinar uma coisa? Vamos deixar no passado essa ideia de que o e-mail é uma forma de comunicação  arcaica e que ninguém o lê quando chega na caixa de mensagens. De acordo com o Instituto Radicati, somente neste ano,  serão 2,8 bilhões de usuários de e-mail, que irão enviar e receber mais de 235 milhões de e-mails por dia! É claro que o SEO voltado exclusivamente para o e-mail marketing demanda mais tempo e um pouco mais de paciência, mas alimentar conteúdos cada vez mais relevantes e com autoridade, ajudam a posicionar muito bem a sua marca na web.

Ficou convencido de que este canal de comunicação é uma boa sacada para o marketing da sua empresa? A Feop elaborou uma lista com 5 motivos para implantar o e-mail marketing no seu negócio =)

  1. A estratégia mais utilizada e comprovada da web

    Muita gente ainda tem preconceito com o e-mail, é verdade. Mas o fato é que essa é a atividade mais comum na web. Quando uma empresa cria uma base de contatos, ao longo das vendas e dos networkings, é possível interagir com um número muito maior de pessoas com um custo relativamente baixo.

    Além disso, o e-mail marketing já foi amplamente testado, o que impulsiona que companhias estejam cada vez mais convencidas do peso como ferramenta de relacionamento, marketing e vendas.
  2. Segmentação  

    Com um alto alcance da base de contatos, é possível segmentar os leads de acordo com informações personalizadas, como interesses, localidade, produto consumido, ticket médio, entre outras informações que irão te auxiliar a direcionar o e-mail marketing certo para cada lista de contatos.

    Ou seja, quanto mais segmentada for a base de dados, melhor será a destinação das estratégias comunicativas. Por exemplo: É possível construir uma campanha para quem comprou certo produto, oferecendo um serviço complementar ou produtos relacionados. 

  3. Aposta na personalização

    É muito melhor quando recebemos um e-mail de uma loja que efetuamos uma compra sendo chamado pelo nome, não é? Essa estratégia é uma das práticas preciosas na alimentação do relacionamento com os leads!

    Faz muita diferença chamar um cliente pelo nome, já saber a localidade em que mora e o produto consumido anteriormente. Essas informações só facilitam o envio de campanhas de e-mail marketing, maior engajamento com seus conteúdos, site e empresa. 
  4. Automação

    A automação de marketing é a maneira de enviar o e-mail certo, para a pessoa certa, no momento certo. Como? É possível criar automações de acordo com o caminho dos seus leads, como ter adquirido um certo produto, baixado um material ou respondido alguma pesquisa no site da sua marca. Outra estratégia de automação se baseia no percurso do seu lead no e-mail enviado pela sua marca: se a mensagem foi aberta e se os links enviados no corpo do texto foram clicados. A automação de marketing, em conjunto com personalização de segmentação do e-mail, permite que o seu público fique ainda mais engajado com a sua marca. 
  5. Análise de métricas 

     

    Quando sua empresa envia um e-mail sem o auxílio de plataformas especialistas em marketing digital, um dos maiores problemas é conseguir analisar dados e resultados sobre esta ação. Por exemplo, sem uma plataforma que analisa as métricas do e-mail marketing, não é possível saber quantos e-mails foram entregues, abertos e a taxa de cliques nos links enviados junto à mensagem.
    A falta de mensuração do e-mail marketing impossibilita o cálculo do retorno das mensagens enviadas. Consequentemente, não há como construir uma estratégia de marketing correta sem analisar os resultados.

    Plataformas como o RD Station Marketing permite que as métricas sejam facilmente entendidas, com relatórios de melhorias e análises do retorno da ação de marketing digital para a sua empresa. Dentro do e-mail marketing, os pontos essenciais a serem analisados são a taxa de entrega, taxa de abertura e taxa de clique.

O segredo das estratégias de marketing digital é atuar em mídias que a sua empresa tem grande alcance, segmentando perfis, interesses e personalizando os conteúdos veiculados de forma automática. A automação desses processos resulta em bons testes e análises  das ações construídas pelo time de comunicação e marketing de uma empresa!

2 comments on “5 motivos para investir em e-mail marketing

  1. Priscila disse:

    Ola gostei desse artigo esse tipo me ajudou muito, e vou ver outros artigos.obrigado

    1. Luísa Campos disse:

      Oi Priscila, boa tarde! Ficamos muito felizes que você tenha gostado do conteúdo. Dê uma olhada no nosso blog, produzimos artigos sobre empreendedorismo, marketing digital e tecnologia 🙂

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Scroll to top